Carta de Crédito FGTS Caixa Econômica

Ter um imóvel próprio é o objetivo de uma vida toda, muitas pessoas contam com a ajuda de um financiamento para ter acesso a esse bem em seu nome. Porém, se antes os financiamentos cobriam apenas parte do valor do imóvel com a Carta de Crédito FGTS Caixa Econômica é possível ter um financiamento de 100% do valor e ainda 30 anos para pagar.

Parece um sonho, mas é realidade e através da Caixa Econômica é muito mais fácil utilizar o seu FGTS para cobrir o valor da compra. O seu imóvel próprio é para hoje, não espere mais para ter uma casa para chamar de sua. Para que fique mais claro como é possível oferecer um financiamento de 100% do valor do imóvel é importante saber mais sobre essa carta de crédito.Carta de Crédito FGTS Caixa Econômica

Basicamente podemos explicar essa carta como sendo uma linha de crédito que utiliza o FGTS, oferecendo subsídio, além disso, essa carta está ligada ao programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal. Tendo essa ligação com a União é mais fácil conseguir acesso ao subsídio e assim conseguir fechar o valor da carta de crédito em 100%.

Na prática para obter essa carta de crédito é interessante que o candidato ao financiamento faça uma simulação dos valores no site da Caixa. Dessa forma será possível saber de quanto serão as suas parcelas e também quanto de crédito poderá ser liberado para você.

Após fazer a simulação e ter uma ideia geral como solicitar esse crédito você deverá ter certeza de que a documentação está toda em ordem para ir a uma das agências da Caixa e fazer o seu pedido. O banco irá avaliar e encontrar a melhor forma de ajudar você a realizar o seu sonho.

Para saber mais sobre a Carta de Crédito FGTS Caixa Econômica acesse o site da Caixa em www.caixa.gov.br/habitacao/aquisicao_residencial/novo/carta_cred_fgts/index.asp

Leia também:

Caixa Economica Federal Fgts
  • Caixa FGTS
  • Fundo de garantia como funciona
  • Bndes Finame Caixa
  • Emprestimos consignados Caixa

    Deixar um Comentário

    Enviar Comentário

    © 2011 Assuntos Gerais. Todos os direitos reservados.