Torpedo a Cobrar Oi

As ligações a cobrar sempre ajudaram muitas pessoas que passavam por dificuldades e não tinham créditos para ligar para pedir ajuda. Agora para facilitar ainda mais a vida das pessoas é possível enviar torpedo a cobrar através do seu Oi. Nunca mais fique sem poder mandar SMS porque está sem crédito. Basicamente e trata de um torpedo que quem paga é quem recebe.

A ideia do torpedo a cobrar tem sido bastante comentada desde que surgiram os primeiros rumores que as operadoras iriam liberar esse serviço. A Oi está sempre pensando no que é melhor para você e oferece essa possibilidade de enviar SMS a cobrar.

Para enviar o seu torpedo a cobrar é bem simples, basta que você envie a mensagem desejada para 9099 + o número do celular da pessoa para quem você deseja enviar. Da mesma forma que você faria se fosse fazer uma ligação a cobrar. No caso de se tratar de uma mensagem para alguém que está em outro estado você deverá usar 9090 + DDD + número, do mesmo jeito das chamadas de longa distância a cobrar.Torpedo a Cobrar Oi

A pessoa para quem você enviou a mensagem a cobrar receberá um informativo de que você está mandando uma mensagem a cobrar, o número de quem enviou é mostrado para o destinatário. Basta que o destinatário envie um torpedo com a mensagem SIM em resposta ao Oi a cobrar.

Dessa forma será liberada a mensagem e será cobrada a tarifa de R$ 0,45. Tudo bem simples e fácil, você pode mandar torpedo a cobrar através do seu Oi e escolher se deseja receber torpedos cobrados ou não. Tudo feito de forma transparente e vantajosa para os dois lados.

Para saber mais sobre o torpedo a cobrar da Oi acesse o seu site em http://loja.oi.com.br/oiinternet/staticContent.do?path=/html/torpedo-cobrar/index.html. Mesmo sem crédito você pode enviar torpedos.

Leia também:

Ctbc torpedo web grátis
  • Torpedo Minas Legal SMS 97531
  • Enviar torpedo de graça para a operadora OI
  • Claro Ideias
  • Consulta Sua Nota Vale Dinheiro – Sefaz CE

    Deixar um Comentário

    Enviar Comentário

    © 2011 Assuntos Gerais. Todos os direitos reservados.